Menu

As tendências de design e estilos para 2016 são muitas e com muita riqueza de expressões. Com isso, são inúmeras as formas, layouts e cores que você pode seguir em seus projetos de arquitetura.

Entre as muitas mudanças inspiradas dentro e fora das casas que vêm nesta temporada, alguns exemplos são a ênfase no ambiente e na natureza em espaços incomuns, que não se limitam aos jardins. As inovações também estão na riqueza dos acessórios, na funcionalidade e arranjos dos espaços, e também na nobreza e glamour dos materiais utilizados. Vamos dar uma olhada mais profunda e detalhada sobre essas tendências!

Cores e materiais
A paleta de cores para esse ano é preenchida com tons de rosa, vermelho “carne” e pêssego. A famosa “boca rosa” da maquiagem, sem brilho, invade a decoração — a vantagem de tais cores é a possibilidade de ser usada em quaisquer salas da casa e em várias combinações.

Acessórios e objetos serão marcados e destacados por tons de óleo verde e azul-marinho, que transmitem calma e frieza para as instalações. As cores profundas como o preto e o roxo são muito bem aceitas, combinando com as superfícies brilhantes de cobre e latão.

Nessa linha de pensamento, uma forte tendência para 2016 é a visibilidade de materiais como bronze, cobre, madeira e mármore compostos nos projetos de design. Os múltiplos usos desses materiais, sua praticidade e características amigáveis formam um rico campo de exploração.

Os projetos de arquitetura para esse ano são preenchidos com materiais naturais, como revestimentos de cortiça e mármore que estão voltando com força. Madeira, pedra e concreto cru também estão aqui com a sua presença atemporal. Essa exploração do que a natureza tem para oferecer e seu entrelaçamento na reforma e construção da casa também é uma forte tendência na ampla utilização de plantas e elementos para a decoração de interiores.

Organização do espaço e funcionalidades de acessórios
Outra grande mudança é a presença de objetos decorativos funcionais. Vai se tornar cada vez mais importante adquirir objetos que possam ser processados ??de acordo com o tempo e o espaço da vida da pessoa.

O uso inteligente de arranjo dos espaços também é extremamente importante para o estilo de vida dinâmica de hoje. A cozinha, por exemplo, pode ser escondida para abrir espaço adicional para o entretenimento. Hoje em dia estamos nos movendo em direção a um modelo minimalista, cuja estética tranquila nos permite escapar da correria da cidade.

A grande mudança, no entanto, é no banheiro, que ganhou um ar de spa. Ele tende a transformar-se em uma área de relaxamento. Será comum ter bancos e assentos no interior do banheiro, porque funciona como um ambiente íntimo e funcional.

A abundância de vegetação é definitivamente uma tendência, mas não só nos banheiros. O foco dos designers é o aumento das plantas e de residências ambientalmente amigáveis. Jardins nas áreas externas dos edifícios e até mesmo no interior das instalações são forte presença ultimamente, porque o foco dos arquitetos é o bem-estar dos ocupantes. Trazer a natureza para mais perto não é apenas bonito, calmante e enriquecedor de experiências, mas também uma solução prática para alguns problemas.

Cultivar uma horta não é apenas uma grande fonte de ervas, especiarias e ingredientes, mas também uma grande experiência de aprendizagem. O valor estético e artístico de um jardim bem arranjado é bem conhecido para a humanidade.

Todas essas tendências nos projetos de arquitetura nos aproximam de um lugar sofisticado, quente e bem equilibrado, onde as cores são divertidas, descontraídas e artísticas e os materiais são nobres e naturais. Arranjos e detalhes são funcionais e, claro, a forte presença de vida vegetal e inovações verdes deixam nossa casa mais perto da natureza.

Fonte: http://www.incopre.com.br